Red Dead Redemption a 4K na Xbox One X fica sensacional

18 de Abril de 2018
45
Red Dead Redemption a 4K na Xbox One X fica sensacional

Testada versão normal e expansão Undead Nightmare na Xbox One X.

 

Red Dead Redemption corre agora a 4K nativa na Xbox One X. Antes da chegada da sequela em Outubro, o clássico Xbox 360 foi adicionado à lista de jogos retro-compatíveis compatíveis com a X, melhorados a nível do emulador para correr a 4K nativa – mantendo a passagem original de 2x MSAA. Na verdade, o jogo está finalmente livre da 720p do original e isso é importante pois Red Dead Redemption nunca foi lançado para PC, significando que esta versão Xbox One X é provavelmente a melhor versão que alguma vez terás.

As melhorias na X são imensas. A 4K, efeitos como feixes de luz e ondas de calor destacam-se ao caminhar por Amadillo. Até pequenas interacções entre NPCs são mais fáceis de ver à distância e as estrelas no céu nocturno ficaram nítidas – um dos sinais óbvios da melhoria para 4K. Por mais impressionante que seja, não é bem um remaster completo. As texturas e elementos do HUD ainda são provenientes dos assets Xbox 360. Mesmo assim, apesar do aspecto ligeiramente rígido e angular que revela os limites na resolução da anterior geração, este mundo frequentemente é tão convincente quanto o de um jogo moderno.

Tal como outros jogos retro-compatíveis como Crackdown ou Forza Horizon, o aumento na resolução na X é lisonjeador para o material original, usa um bias LOD negativo nas texturas para apresentar mip-maps de maior qualidade, combinando lindamente com a resolução superior. Mas existem mais melhorias nas sombras, LODs ou efeitos? Isto poderia oferecer algumas das possíveis funcionalidades na versão PC que nunca foi lançada ou o salto para 4K é tudo o que temos? As sombras, por exemplo, poderiam ser ajustadas pelo emulador (como foram em Assassin’s Creed), melhorando a fidelidade visual para o ecrã 4K. No entanto, Red Dead Redemption é emulado na perfeição, com uma excepção

Existe um extra que é o aumento para 16x filtro anisotrópico, uma boa companhia para o aumento de 9x na resolução. Tal como outros jogos Xbox 360 que receberam suporte para a X, melhorar o filtro de texturas é uma vitória fácil. Tem pouco impacto na GPU e os ganhos visuais podem ser aplicados pelo emulador, significando que não mexe com o código de jogo. Os assets principais são os mesmos, mas a nossa galeria de comparação mostra que a arte vista de ângulos oblíquos testá menos nítida na Xbox 360. Simplesmente não teria tão bom aspecto de outra forma, o original na Xbox 360 corria com um alcance de amostras mip-map restritivo – algo que se destaca mesmo na 720p original.

 

 

Estas são as melhorias. A densidade da vegetação e LODs estão iguais. Não tens uma melhoria ao estilo do PC; em termos visuais, acompanha o aumento na resolução e melhor filtro de texturas – o resto está igual. A resolução das sombras também está igual, mas a qualidade ainda permanece aceitável. O pacote, como um todo, diz muito do trabalho investido pela Rockstar no motor RAGE durante o desenvolvimento. Como uma espécie de sucessor para Grand Theft Auto 4, o jogo apresentava mais terreno aberto, mas vazio, sem arranha-céus mas com vegetação luxuosa.

Na Xbox One base, Red Dead Redemption corre com melhor performance, v-sync constante, sem screen-tearing e na Xbox One X as coisas ficam ainda melhores.

Continua a 30fps fixos na Xbox One X e nas áreas mais exigentes, terás uma performance quase perfeita. É um feito espantoso, tendo em conta o aumento de 9x na resolução e até mesmo efeitos intensivos para a largura de banda da memória não causam problemas. A performance na Xbox 360 não é má, mas existe tearing e momentos a 20fps em cenas exigentes. Na Xbox One, as coisas melhoram imenso – o tearing desaparece e fica mais perto de 30fps fixos. No entanto, a Xbox One X consegue melhor performance.

Existe um ponto estranho – algo que ocasionalmente vemos em jogos X-enchanced: o emulador Xbox 360 tem um pequeno problema com o ritmo de fotogramas. Supondo que o rácio de fotogramas desce um fotograma na X, geralmente verias um pico para 16ms depois disso. Basicamente, é introduzido um fotograma extra, para compensar o que foi perdido, criando dois fotogramas únicos consecutivos. É raro e na nossa experiência, um pequeno detalhe na performance geral. Isto adicional um pouco mais de trepidação ocasional que não terias na 360 ou na Xbox One base, mas no geral, os rácios de fotogramas estão mais fluidos na nova consola da Microsoft.

Red Dead Redemption a 4K é fantástico e como existe pouca esperança para uma versão PC – ou remaster, isto é o melhor que conseguirás. É uma actualização gratuita e não tens do que te queixar. Seria fantástico ver uma versão 60fps do jogo e até gostaríamos de ver um pacote de texturas 4K, com ajustes no nível de transição de detalhe, efeitos, iluminação ou sombras. O que temos é uma apresentação simples a 4K de um clássico – que ainda é impressionante. O rácio de fotogramas melhorado, mip-maps ajustados e performance de topo também significam que a versão X bate a Xbox One normal como a versão definitiva.

Red Dead Redemption é provavelmente o maior jogo a receber retro-compatibilidade Xbox One X. Como preparação para a sequela é a forma perfeita para refrescar a tua memória. Agora ficamos a questionar sobre os outros jogos da Rockstar Games. Adoraríamos ver GTA 4 receber um tratamento similar e até mesmo Table Tennis seria bem-vindo. O salto para 4K juntamente com as melhorias na performance dão uma nova vida aos jogos velhos e sentimos que o catálogo da Rockstar tem muito para oferecer.

 

Actualização:

O quão robusta é a versão Xbox One X de Red Dead Redemption? A performance melhorada no jogo também se aplica à sua expansão que é mais exigente? Este episódio em separado mantém o nível de detalhe do original, mas vai mais além, apresentando efeitos de nevoeiro e um grande número de zombies. Além disso, eliminar os zombies com fogo cria um efeito visual que pode afectar severamente o rácio de fotogramas na Xbox 360.

Bem, testamos a expansão e a boa notícia é que a excelente performance vista no jogo padrão também se aplica a Undead Nightmare. Isto significa que tem melhor performance que a Xbox One em cena exigentes, batendo de longe a Xbox 360.

Com a excepção de raros problemas no ritmo de fotogramas, o emulador entrega 30fps fixos – e todos os benefícios vistos no jogo normal, incluindo o aumento de 9x na resolução e ajustes no mapeamento mip de texturas são igualmente impressionantes aqui. Com isso em mente, se vais experimentar o jogo, talvez seja melhor procurar uma edição GOTY em formato físico.

 

 

Fonte: Eurogamer

Comentários

Autor

Filipe Almeida

Criador e fundador do Portal Xbox Portugal juntamente com a "PXP Team". O Portal Xbox Portugal foi criado com o objectivo de recolher informações e notícias sobre o mundo da Xbox e juntar tudo num local.