E3 2017 – O que esperar da Microsoft

07 de Junho de 2017
51
E3 2017 – O que esperar da Microsoft

Scorpio, 343 Industries, Rare Studios e mais.

 

Depois de falarmos do que esperamos da Nintendo na E3 2017, é agora momento para falar das perspectivas para o que a Microsoft fará no evento. Será no Domingo, dia 12 de Junho que a Microsoft vai apresentar as grandes novidades que todo o mundo quer ouvir, especialmente desde Junho de 2016 quando anunciou oficialmente uma versão mais poderosa da Xbox One. Conhecida até agora como Xbox Project Scorpio, a consola conhecida como “O Monstro” pelos entusiastas promete correr jogos a 4K com uma qualidade gráfica e performance incríveis. No entanto, a Microsoft tem mais para apresentar nesta conferência.

Entre novos jogos em novas propriedades intelectuais, novos serviços e novas parcerias com third-party estabelecidas, a Microsoft tem uma E3 que é altamente importante. As atenções estão centradas na Xbox Scorpio mas a Microsoft tem coisas a provar, especialmente entre os jogadores que não querem uma consola mais poderosa se não existirem exclusivos para jogar nela.

Se quiseres ficar a par de todo o horário para a E3 2017, preparamos este guia para que nada te passe ao lado. Estejas em Portugal ou no Brasil, a E3 2017 é um momento altamente importante e todos os jogadores ficam altamente entusiasmados. Isto ajuda-te a preparar o entusiasmo.

 

Xbox Project Scorpio

Este será mesmo o grande momento da Microsoft durante a sua conferência na E3 2017, ou pelo menos espera meio mundo. Ver finalmente o jogos a correr na consola mais poderosa do mundo, ver como alguns dos teus jogos favoritos ficam a 4K e com uma performance imbatível, sem falar na possibilidade de melhorias gráficas, é algo que será estrondoso. No entanto, o design da consola, as possíveis alterações na interface de utilizador e funcionalidades específicas da Xbox Scorpio serão somente uma as peças importantes da noite. Existem outros elementos nesta equação que são tão ou mais importantes.

A data de lançamento é algo que não está a preocupar os jogadores, sabemos desde Junho de 2016 que chega no final do ano, mas o preço tem sido um dos maiores pontos de discussão. É algo que a Microsoft vai apresentar e quando descreve uma máquina como “premium”, já sabemos que isso significa caro. É esperado quando se procura poder desta envergadura. No entanto, a Microsoft terá de ser mais energética e inteligente do que alguma vez foi para gerir a sua apresentação. Especialmente porque até o nome oficial e final da consola será alvo de imenso escrutínio.

 
 

343 Industries

A companhia que pegou no manto de Halo quando a Bungie se divorciou da Microsoft ficou ao mesmo tempo com um dos mais fantásticos trabalhos desta indústria, mas também ficou com um dos mais ingratos. Entre os lançamentos originais, conta com Halo 4 e Halo 5, mas já confirmou que Halo não estará no evento. No entanto, isso não significa que a 343 não esteja. Pelo contrário, a própria sugeriu que estará no evento mas isso dá-nos duas possibilidades.

Uma delas, entusiasmante quanto baste, é que a 343i estará presente para demonstrar o poder da Scorpio. Melhor performance em Halo 5: Guardians ou na Master Chief Collection, uma demonstração de como será quando a Scorpio chegar às lojas e colocares Halo 5 a correr. Essa seria uma forma fácil e directa de demonstrar a divisão de poder entre a Scorpio e as actuais consolas Xbox One. A segunda, bem mais entusiasmante, é que a Microsoft confirma oficialmente que Scalebound está vivo e entregue à 343i. Os rumores dizem que a propriedade está viva e entregue a um estúdio próximo da Microsoft, pronta para renascer das cinzas.

 

 

Acordo third-party

Os rumores indicam que a Microsoft se vai aliar a uma grande editora para apresentar um novo jogo de grande perfil que será promovido com especial foco nas consolas Xbox. Isto é algo que a Sony tem feito com bastante sucesso em jogos como Destiny e sequela, mas no entanto ainda não sabemos qual é o jogo. O rumor indicava um jogo que ainda não havia sido anunciado e desde então a Ubisoft já anunciou The Crew 2, Far Cry 5 e confirmou que o novo Assassin’s Creed chegará antes de 31 de Março de 2018. Mesmo sendo um rumor, é perfeitamente plausível que a Microsoft assine um acordo de promoção para um AAA, a questão é saber qual é esse jogo.

A Sony desfruta de acordos com a Activision para Call of Duty: WW2 e Destiny 2, também tem um acordo com a Rockstar Games para Red Dead Redemption 2, por isso sabemos que não são esses jogos ou séries. A Microsoft poderá responder com acordos para Star Wars Battlefront 2 da Electronic Arts, é uma possibilidade, mas a chegada de Far Cry 5 ou especialmente o reinício de Assassin’s Creed parecem perfeitos para um acordo de promoção a um AAA no final do ano. Será outro dos pontos de interesse para a conferência.

 
1
 

Crackdown 3

Crackdown 3 foi anunciado na E3 2014 pela Microsoft como um exclusivo da Xbox One, agora também a caminho do Windows 10, e todos os fãs desta série sabem o quão divertida é. Esta espécie de Grand Theft Auto futurista em que jogas com um polícia com capacidades especiais procura combinar incrível diversão com destruição e espectacularidade visual. Tem sido encarado como uma espécie de patinho feito entre os jogos da Microsoft, mas quanto mais o lançamento se aproxima, mais queremos saber dele.

O foco na destruição combinado com o mundo aberto parecem fazer de Crackdown 3 um par perfeito para a Xbox Project Scorpio e será certamente um dos jogos apresentados a 4K na consola mais poderosa. Não podíamos de forma alguma falar na Microsoft na E3 2017 sem mencionar Crackdown 3, principalmente quando os fãs exigem jogos exclusivos capazes de diferenciar a marca.

 

 

Sea of Thieves

Apresentado na E3 2015, Sea of Thieves é outro exclusivo Xbox One/Windows 10 que deverá brilhar na Xbox Project Scorpio. Apesar do anúncio há dois anos atrás, ainda sabemos pouco sobre o jogo mas quem precisa e quer, sabe tudo o que precisa saber. É o resultado de uma engenhosa abordagem ao desenvolvimento por parte do estúdio Inglês que ao invés de inundar os media com trailers e informações, decidiu falar directamente com os fãs que estão a ajudar no desenvolvimento. Os ocasionais vídeos nos bastidores e sessões de jogo são a única porta de acesso ao que se está a passar com o jogo.

Talvez seja por isso que Sea of Thieves ainda permaneça muito misterioso para a maioria, uma vez que os fãs sabem tudo o que querem e acompanham de perto o estúdio. A E3 2017 será o palco principal para as grandes revelações de um jogo que terá um papel incrível no final de ano de uma marca que precisa de exclusivos.

 

 
 

Novo Forza

Forza 6 foi lançado em 2015, Forza 5 foi lançado em 2013, Forza 4 foi lançado em 2011, Forza 3 em 2009, Forza 2 em 2007 e o primeiro Forza em 2005. Isto significa que a Turn 10 Studios demora tradicionalmente cerca de 2 anos a desenvolver um jogo na sua aclamada série Forza MotorSport. Passados dois anos de Forza 6, o jogo que potencialmente pode ajudar a vender consolas Xbox Scorpio no final de 2017 poderá ser mesmo Forza MotorSport 7! Nada foi ainda confirmado oficialmente mas se o jogo não for lançado este ano, será desde logo a maior diferença de tempo entre dois jogos na série principal.

Forza MotorSport 7 parece mesmo o jogo perfeito para o final de 2017, ao lado da Scorpio soam como uma boa dupla, e a imagem que demonstrava Forza a correr na Scorpio com uma grande qualidade (podes ver em baixo) dá-te uma ideia de como poderá ser. No entanto, ainda não sabemos nada do jogo, apesar dos rumores sugerirem o óbvio: a Turn 10 Studios trabalha num novo Forza. É mais uma das possíveis surpresas para o evento e provavelmente uma das que mais aplausos e alegrias traria.

2
 

Exclusivo First-Party

A Microsoft está a gerar entusiasmo com uma nova consola poderosa mas a verdade é que também precisa gerar entusiasmo com jogos e para isso talvez seja necessário apresenta uma nova propriedade intelectual interna, um exclusivo de alto perfil. Os rumores indicam que existem estúdios internos a trabalhar em novas propriedades intelectuais, a 343i ou a Playground Games podem ser dois deles, enquanto a The Coalition prepara Gears of War 5 (e a Iron Galaxy Studios uma nova temporada de Killer Instinct?), mas de momento nada está ainda confirmado oficialmente.

Os rumores que Scalebound está vivo vieram injectar confiança na Microsoft mas ainda são rumores. O que vieram demonstrar é a sede dos fãs por novos jogos, por exclusivos, capazes de se agarrarem a qualquer esperança. Caso a Microsoft não esteja ainda em condições de apresentar um exclusivo desenvolvido pelos seus estúdios, as parcerias com estúdios externos, como a Remedy, já lhe deu grandes exclusivos.

 

 

Cuphead

Não podemos de forma alguma falar na Microsoft na E3 sem mencionar Cuphead, jogo com o potencial para ser um dos melhores indies do forever. Apresentado na E3 2014, Cuphead já está em desenvolvimento há mais de 4 anos, e apesar de agendado para 2017, ainda não sabemos muito deste promissor título com uma estética que relembra os cartoons dos anos 30. Além dessa fascinante estética que relembra outras décadas, e o humor que as caracterizou, Cuphead assume-se como um jogo de plataformas frenético em que o design visual é tão importante quanto o design dos níveis e dos desafios.

 

 

Os planos são suportar Cuphead com conteúdos adicionais que incluem mais níveis e mais bosses, mas quem sabe os planos mudam e o jogo final não fica mais robusto e inclui os DLCs. Seja de que forma for, queremos ver Cuphead e se a Microsoft estiver a planear um daqueles momentos ‘drop the mic’ que seja com este jogo: “Ah, só para avisar, Cuphead está disponível a partir de….há cinco minutos atrás.”

 

Fonte: Eurogamer

 
 

Share on Facebook2Share on Google+1Tweet about this on TwitterEmail this to someonePrint this page

Comentários

Autor

Filipe Almeida

Criador e fundador do Portal Xbox Portugal juntamente com a "PXP Team". O Portal Xbox Portugal foi criado com o objectivo de recolher informações e notícias sobre o mundo da Xbox e juntar tudo num local para que tem interesse por esta plataforma, ter tudo filtrado num único sítio.